SE O TEMPO FOSSE OURO..., TALVEZ PUDESSES PERDÊ-LO. - MAS O TEMPO É VIDA, E TU NÃO SABES QUANTA TE RESTA.
Loading...

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 10 de abril de 2016

PRIMEIRO ANO SEGUNDO & TERCEIRO BIMESTRES


                                   IDADE MÉDIA -  CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL CRISTÃ

ENTRE EM CADA LINK E PASSE PARA O CADERNO AS INSTRUÇÕES  - TUDO QUE FOR TEXTO, LEIA E FAÇA RESUMO, TUDO QUE FOR VÍDEO, VEJA E FAÇA RELATÓRIO.
INDIVIDUAL 
DEPOIS  REÚNA  SEU GRUPA E PREPARE AS APRESENTAÇÕES CONFORME SUAS ANOTAÇÕES NO CADERNO.

1) FAÇA  ESTE PROCEDIMENTO

http://claudioarantespompeu.blogspot.com.br/2016/03/atividade-projeto-de-leitura-e-pesquisa.html



2) FILOSOFIA MODERNA - SEMINÁRIOS - FAÇA TODOS NO CADERNO
http://claudioarantespompeu.blogspot.com.br/2013/01/ano-letivo-2013.html

IDADE MODERNA





3)FILOSOFIA MEDIEVAL - FAÇA TODOS OS SEMINÁRIO NO CADERNO
http://claudioarantespompeu.blogspot.com.br/2014/03/httpwww.html

OBS. NÃO DE ESQUEÇA QUE SÃO DUAS ATIVIDADE DE FILOSOFIA MEDIEVAL

4) LITERATURA E FILOSOFIA - FÉRIAS FELIZES
http://claudioarantespompeu.blogspot.com.br/2012/05/literatura-e-filosofia-2012-primeiro.html

quinta-feira, 31 de março de 2016

TERCEIRO ANO - SEGUNDO BIMESTRE





1) FAZER A CÓPIA DO VÍDEO AFOGADOS NO NIILISMO NO CADERNO - EXERCÍCIO DE DITADO/CÓPIA




2) COPIAR ESTA TABELA NO CADERNO 




3) Assista esse vídeo  (Mr. Roboto) e faça sua análise, tomando como critério, o homem pós moderno (entregar em folha de almaço com capa padrão) - só para manhã e tarde.


https://www.youtube.com/watch?v=d6gdKKaPmF4

4) Especial Nietzsche - Café Filosófico - só para manhã e tarde.

https://www.youtube.com/watch?v=PHpQtOGoi7M
4 - COPIAR ESTE TEXTO NO CADERNO NA PARTE DE  1 DO CADERNO  ( DE AULA)

EXPERIENCIAS DE ORDEM NA HISTÓRIA

Dentro da divisão da história elaborada pelos europeus, a origem da humanidade e as primeiras formas de organização dos grupos humanos constituem, o período mais longo de nosso passado. Convenciona-se dividir esse período em três grandes momentos:Paleolítico, Neolítico e Idade dos Metais.

Eolítico
Dentro deste período, há um milhão de anos, teria surgido o Homo erectus. De um modo geral esta designação está em desuso considerando-se o Paleolítico, o primeiro período pré-histórico.

Paleolítico
Dentro deste período, vulgarmente conhecido como Idade da Pedra Lascada, existem três divisões possíveis, sendo que, mesmo dentro de uma das divisões adaptadas, existe uma certa tolerância quanto aos limites temporais:
Paleolítico Inferior (de 2 500 000 - 2 000 000 até 300 - 100 000 anos atrás)
Paleolítico Médio (300 - 200 000 até 40 - 30 000 anos atrás)
Paleolítico Superior (40 - 30 000 até 10 - 8 000 anos atrás)
ou ainda uma outra divisão em dois sub-períodos que tem por base o aparecimento do Homo sapiens
Paleolítico Inicial ou Antigo - onde se incluem o Paleolítico Inferior e o Médio da divisão anterior.
Paleolítico Recente - que corresponde ao Paleolítico Superior da divisão anterior.
Significado
A palavra paleolítico vem do grego e significa antiga pedra.
Duração
É o período da história humana compreendido entre 500.000 a 18.000 anos antes de Cristo.
Características
  • Descoberta dos meios de interação com a natureza.
  • Vive em pequenos grupos nômades e se abriga emcavernas.
  • Desenvolve a linguagem para se comunicar.
  • Fabrica utensílios de pedra, osso, madeira. Aparecemmachados, martelos, lâminas cortantes e arpões feitos de pedra lascada.
  • Fabrica anzóis e agulhas de osso, arco e flecha demadeira.
  • Usa trajes de pele para se abrigar do frio.
  • Caça, pesca e colhe frutas e raízes como meio de vida.
  • Usa o fogo para cozimento de alimentos e defesa contra animais.
  • Inicia a arte (pinturas) nas cavernas: figuras deanimais, de cadáveres e cenas de caça. São famosas as pinturas rupestres nas cavernas de Altamira (Espanha) e Lascaux (França).
  • Acredita na magia e tem sentimento religioso: enterrava os mortos e protegia os túmulos com pedras. A arte nas cavernas tinha um sentido de magia para eles.
Nesta época, o ser humano habitava cavernas, muitas vezes tendo que disputar este tipo de habitação com animais selvagens. Quando acabavam os alimentos da região em que habitavam, as famílias tinham que migrar para uma outra região. Desta forma, o ser humano tinha uma vida nômade (sem habitação fixa). Vivia da caça de animais de pequeno, médio e grande porte, da pesca e da coleta de frutos e raízes. Usavam instrumentos e ferramentas feitos a partir de pedaços de ossos e pedras. Os bens de produção eram de uso e propriedade coletivas.
Nesta fase, os seres humanos se comunicavam com uma linguagem pouco desenvolvida, baseada em pouca quantidade de sons, sem a elaboração de palavras. Uma das formas de comunicação eram as pinturas rupestres. Esta arte, que consistia em representações pictóricas gravadas nas paredes e tetos rochosos das cavernas habitadas ou também em superfícies rochosas ao ar livre, permitia a troca de idéias e a manifestação de sentimentos e preocupações cotidianas.
Mesolítico
De 20 a 10 mil anos, também é vulgarmente conhecido como Idade da Pedra Intermediária.
Neste período intermediário, o homem conseguiu dar grandes passos rumo ao desenvolvimento e à sobrevivência de forma mais segura. O domínio do fogo foi o maior exemplo disto. Com o fogo, o ser humano pôde espantar os animais, cozinhar a carne e outros alimentos, iluminar sua habitação além de conseguir calor nos momentos de frio intenso. Outros dois grandes avanços foram o desenvolvimento da agricultura e a domesticação dos animais. Cultivando a terra e criando animais, o homem conseguiu diminuir sua dependência com relação a natureza. Com esses avanços, foi possível a sedentarização, pois a habitação fixa tornou-se uma necessidade.
Neste período ocorreu também a divisão do trabalho por sexo dentro das comunidades. Enquanto o homem ficou responsável pela proteção e sustento das famílias, a mulher ficou encarregada de criar os filhos e cuidar da habitação.

De 10 a 6 mil anos, vulgarmente conhecido como Idade da Pedra Polida.
É o período da história do homem compreendido entre 18.000 anos e 5.000 anos antes de Cristo.
Características
  • O homem desenvolve melhores técnicas de domínio sobre a natureza.
  • O clima da terra se torna mais ameno e favorável àvida.
  • Vive em grupos maiores (clãs e tribos), primeiras aldeias. Passa de nômade a sedentário.
  • Melhoria nas habitações: o homem sai das cavernas e mora em casas (paliçadas e palafitas) construídas por ele.
  • Aperfeiçoou seus utensílios de pedra, osso e madeira,polindo-os. Surgiram foices, lâminas cortantes,enxadas, machados e centenas de utensílios, armas einstrumentos. Utilizou o barro para fazer potes e jarrosde cerâmica.
  • Fez jangadas, canoas e barcos e navegou pelos mares.
  • Melhorou os trajes com os teares manuais que faziamroupas de fibras vegetais (linho) e lã.
  • O homem fixou-se na terra e desenvolveu aagricultura, inclusive com o arado de tração animal. As tarefas agrícolas eram de responsabilidade dasmulheres, enquanto os homens se dedicavam à caça, à pesca e às tarefas pesadas.
  • Dedicou-se à domesticação de animais para aalimentação e transporte.
  • Com a invenção da roda apareceram carroças rudimentares.
  • Manifestação de religião primitiva baseada nos fenômenos da natureza (fogo, raio, trovão,tempestades, ventos, chuvas), nos astros, etc.
  • Aparecem monumentos e construções com grandespedras, provavalmente por motivos religiosos. Surgem os monumentos megalíticos(menires e dolmens), que eram grandes pedras fincadas no chão sustentando outras pedras gigantescas. Foi o início das gigantescas construções que vão surgir com as civilizações seguintes.
  • A arte desenvolveu-se com gravação de figuras emosso, pedra e madeira, e a arte da argila desenvolveu-se com modelagem de potes,vasos, estatuetas e pinturasem cerâmica.
Idade dos Metais
Abrange os dois últimos milênios que antecedem o aparecimento da escrita, por volta de 3.500 a.C.
É o período da Pré-História do homem compreendido entre 5.000 a 4.000 anos antes de Cristo.
Características
  • Com a descoberta do uso dos minérios, como o cobre, o bronze e o ferro, o homem do neolítico dá um grande passo para o progresso, abrindo nova era chamada de Idade dos Metais.
  • As aldeias agrícolas crescem e dão lugar aos centros urbanos com vários melhoramentos. Vão surgindocidades-estados e pequenosreinos com poder centralizado.
  • Surgem novas armas, mais poderosas, o que permitiu a alguns reinos dominarem outros pela guerra, formando-se assim os primeirosimpérios com a presença de escravos.
  • As novas civilizações da Idade dos Metais procuram desenvolver-se perto dos grandes rios e vales.
  • A agricultura tomou impulso com novas técnicas (drenagem, irrigação) e novos instrumentos. Aparece ocomércio (à base de trocas), anavegação progride com barcos a vela.
  • Ao final da Idade dos Metais, por volta de 4.000 a.C., aparecimento da escrita, dá-se a passagem da Pré-História para a Históriapropriamente dita. Os historiadores aceitam como certo o aparecimento daescrita na Mesopotâmia e no Egito.
A 1a. ONDA caracterizou-se pelas atividades no setor rural, de forma rudimentar e durou cerca de 10.000 anos. É a exploração do setor primário da Economia, com o homem e sua prole satisfazendo necessidades essenciais (trabalho, lazer, informação, convívio...) em torno da cabana primitiva . Nesta onda fluem basicamente os materiais
A 2a. ONDA veio com a atividade industrial tradicional, constituindo o setor secundário, e já dura 300 anos. É o tipo de atividade que aliena o industriário porque o faz repetir cerca de 8 a 15 movimentos durante toda a jornada de trabalho. Um dia um industrial se perguntou como resolver o problema da insatisfação de seus empregados e criou a automação, começando a substituir o homem pela máquina. Na 2.onda o homem abandona a sua cabana primitiva e diariamente desloca-se para trabalhar em torno da "máquina" nos grandes centros industriais. Nesta onda prevalece o fluxo da energia
Sucedendo isso, vem a 3a. ONDA, a fase do terciário, quando o homem retorna para a suacabana eletrônica, para satisfazer necessidades essenciais. Nesta onda flui a informação. É a fase calcada no setor dos serviços, a da Informática, através dos computadores,das telecomunicações, da robótica, dos microprocessadores. Esta onda está começando por via dos países mais desenvolvidos. Outros, como é o caso do Brasil, convivem ao mesmo tempo com as três ondas, tendo que se infiltrar nas atividades da 3a. por questão de sobrevivência.
A tese do Prof. Lenilson é a de que, para continuar avançando, de forma que tenda a ser cada vez mais acelerada, na disputa pela tecnologia desenvolvida, torna-se indispensável investir no Homem, ou seja, explorar a intimidade do ser, a fim de melhorá-lo para poder conviver com as altas tecnologias, sem ser esmagado por elas nem utilizá-las de maneira desastrosa. Se o centro de interesse da pesquisa não se voltar para a intimidade do Homem e o cultivo dos valores morais, torna-se muito perigoso de ele se auto-destruir. O próprio avanço tecnológico vem conduzindo à democratização, deixando na mão de muitos parcela considerável de conhecimentos, possibilitando assim, a manipulação das altas tecnologias, as quais já dispõem de poder para destruir a vida no planeta 10 vezes.

Essa tecnologia moderna da cibernética quanto mais avança mais rápido tende a prosseguir. O poder muda de forma, e isto leva os governantes, notadamente das nações mais desenvolvidas, a perceberem que a grande necessidade do momento é o investir no conhecimento mais aprofundado do próprio homem. A questão é buscar condições intrínsecas tais que lhe permitam continuar avançando sem correr o risco da autodestruição. A quarta onda é, portanto, a do auto-conhecimento.








PROJETOR TIMOR LESTE






ASSISTA ESSES VIDEOS E  EXPLIQUE O QUE VC ASSISTIU EM 30 LINHAS CADA UM. COLOQUE A BANDEIRA DO TIMOR E O LOGO TIPO DO NOSSO PROJETO ( PEÇA QUE OS REPRESENTANTES DO PROJETO COPIEM DO  WHATS E PASSE PARA VCS)

Universidades em Timor Leste


https://www.youtube.com/watch?v=V6YKH1c7A6M

Príncipes do Nada" - O ensino do Português em Timor-Leste (2006)


https://www.youtube.com/watch?v=_Kc2Q36zdc4






CURTA NOSSA PÁGINA
https://www.facebook.com/CartasAoTimor/?fref=ts


domingo, 20 de março de 2016

ATIVIDADE - PROJETO DE LEITURA E PESQUISA




A)FAÇA O CADASTRO NO VEDUCA
B) ESCOLHA UM CURSO DE FILOSOFIA/ AFINS DE HUMANAS
C) ASSISTA AS AULAS E RELATE NO CADERNO
D)  PREPARAR UMA APRESENTAÇÃO INDIVIDUAL

http://www.veduca.com.br/



A)FAÇA O CADASTRO NA EDITORA
B) NAVEGUE  ESCOLHA UM LIVRO DE FILOSOFIA/ AFINS DE HUMANAS (NÃO É OBRIGATÓRIO COMPRAR)
C) FAÇA A RESENHA DELE  NO CADERNO


http://www.erealizacoes.com.br/home


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

COMO FAZER SEUS TRABALHOS - MMO






SEQUÊNCIA DE MONTAGEM DE TRABALHO DE PESQUISA ADAPTADA DAS NORMAS DA ABNT

1) Capa:


veja no youtube : COMO FAZER CAPA PARA SEU TRABALHO

Se  quiser se inscrever no canal, facilitará o acesso ao  conteúdo  de filosofia que estaremos transferindo  para lá)


Folha A 4
Início da página:
A) Nome da Escola  (fonte 14, só as primeiras letras maiúsculas, negrito, centralizado) 
B) Nome do professor (fonte 14, só as primeiras letras maiúsculas, negrito, centralizado) 

C) NO MEIO DA PÁGINATítulo do trabalho (fonte 16, maiúsculo, negrito, centralizado)
D) DUAS LINHAS ABAIXO À DIREITA:
Nome número , série do aluno e disciplina fonte 12
E) NO FINAL DA PÁGINA
Cidade e ano de conclusão do trabalho (fonte 14, negrito, maiúsculo e minúsculo, centralizado)


 2, 3, 4, 5, 6 : 
veja no youtube: índice, introdução, capítulos, considerações finais, bibliografia
2 ) Índice
veja exemplo

3) Introdução (formatar – título 1)
(apresentação do trabalho, o que o leitor irá encontrar) (Letra Arial 11, espaço 1,5)

4) Corpo do trabalho – capítulos 1, 2, 3...(formatar – título 1) (desenvolvimento do conteúdo pesquisado, Letra Arial 11, espaço 1,5)


5 ) Considerações finais (conclusão)(formatar – título 1) ( o que você aprendeu com o trabalho, Letra Arial 11, espaço 1,5)

6) Referências (formatar – título 1)( de onde você tirou os dados da pesquisa, Letra Arial 11, espaço 1,5)

Referências ( fontes usadas para fazer o trabalho, sites, livros, revistas)

DUSSEL, E. 1492: el encubrimiento del outro: hacia el origen del mito de la modernidad. Madrid: Nueva Utopia, Conferências de Frankfurt, 1992.

ELIOT, T. S. Notas para a Definição de Cultura.  São Paulo:É Realizações, 2012.

GIRARD, René. O Bode Expiatório e Deus.Tradutor: Márcio Meruje. Colecção: Textos Clássicos de Filosofia. Direcção: José M. S. Rosa & Artur Morão,Covilhã: Lusosofia , 2008.

GOUVEA , Josimar Salum. Estatísticas Mundiais sobre o Evangelismo. http://www.lagoinha.com/ibl-vida-crista/estatisticas-mundiais-sobre-o-evangelismo/, Acesso: 12/04/2015, 16:21.

NOVAES; João. Proporção de cristãos no mundo caiu de 35% para 32%; Europa e América registraram queda, ao contrário da África. http://www.origemedestino.org.br/blog/johannesjanzen/?post=54, Acesso: 12/04/2015, 16:39.


VOEGELIN, Eric. Ordem e História, v.1 – Israel e a Revelação, São Paulo: ed. Loyola, 2009

PRIMEIRO ANO - PROGRAMA - 2016






PRIMEIRO ANO

OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA


Incentivar competências que possibilitam reconhecer manifestações histórico-sociais do pensamento, além de incentivar as práticas do trabalho em equipe, da pesquisa, da sistematização e apresentação de conceitos e informações e da exposição oral e escrita, bem como estimular o exercício e o desenvolvimento de habilidades como a compreensão da dinâmica a da aprendizagem e a leitura da ordem dos argumentos de um texto filosófico
Incentivar competências que possibilitam uma visão crítica da ciência como instância ultima do conhecimento; incentivar práticas de pesquisa, sistematização e apresentação de conceitos e informações para a fundamentação de conhecimentos teóricos por parte dos alunos, e conhecer outras formas de manifestação de conhecimentos como a religião e o símbolo.
Discutir as características da modernidade e os limites da ciência
Refletir e pensar as relações entre tecnologia,sociedade e valores.




1º BIMESTRE:
Metodologia: Como Estudar
Como fazer seu trabalho de pesquisa
O que é Filosofia;
Para que serve a Filosofia;
Introdução à filosofia da Cultura (Cultura, Mito e as formas simbólicas);
Filosofia antiga;
Filosofia medieval; Santo Agostinho, Santo Tomás, Igreja e Cristandade;
Filosofia moderna;
Filosofia contemporânea;

2º BIMESTRE:

Modelos de Mundo:
ARISTÓTELES – a Física
GALILEU;
NEWNTON;
Introdução à Filosofia da ciência (DAVID HUME, KANT, KARL POPPER, THOMAS KUHN);
DARWIN - ( E O DARWINISMO SOCIAL);


3º BIMESTRE:
  1. Modernidade e Iluminismo;
  • Thomas Hobbes (1588 - 1679)
  • John Locke (1632-1704),
  • Voltaire (1694-1778),
  • Jean-Jacques Rousseau (1712-1778),
  • Montesquieu (1689-1755),
  • Denis Diderot (1713-1784) e Jean Le Rond d´Alembert (1717-1783),
  • Adam Smith (1723-1790),
  • Immanuel Kant (1724-1804) - O que é o esclarecimento,
  1. Introdução à filosofia da religião (A Existência de Deus) e o ataque moderno à Religião
  2. A Crise da razão;


4º BIMESTRE:

  • Questão social,(capitalismo, Liberalismo, socialismo)




SEGUNDO ANO - PROGRAMA - 2016

SEGUNDO ANO

OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA
Dominar a norma culta da linguagem, compreender diferentes fenômenos do conhecimento;
Incentivar as competências que possibilitam reconhecer o próprio aluno como sujeito racional;
Incentivar a prática da pesquisa, da sistematização, de apresentação de conceitos e informações com a finalidade de fundamentar os conceitos teóricos;
Desenvolver nos alunos a capacidade de refletir criticamente, afim de capacitá-los a vivenciar a ação ética, moralmente aceita na sociedade;
Exercitar a reflexão crítica, voltada à análise de construção social das subjetividades e , assim, pensar a ética, a partir do contato das subjetividades e, assim, pensar a ética, a partir do contato com o outro;
Proporcionar aos alunos elementos que permitam o exercício da reflexão crítica, capacitando-os para a vivência da ação ética , com base em uma crítica dos impulsos, dos desejos e das relações sociais;
Levar os alunos ao exercício na reflexão crítica, visando capacitá-los para o reconhecimento do outro e o combate da alienação;








1º BIMESTRE:

Século XIX e XX - Liberalismo, Capitalismo, Comunismo

1) A Questão Social;
2) O proletáriado;
3) Indivíduo e sociedade
  • A EXISTÊNCIA DO “EU”;
  • FREUD;
  • AUTÔNOMIA/HETERONOMIA;
  • MORAL/ÉTICA;



2º BIMESTRE:

  1. Introdução à teoria do indivíduo; John Locke; Jeremy Bentham, Stuart Mill;
  2. Tornar-se indivíduo – Paul Ricoeur; Freud;
  3. Michel Foucault – As relações de poder;
  4. Condutas massificadas – Hokheimer e adorno;
  5. Alienação moral – Sartre


3º BIMESTRE:
1) Mecanismos de vitimação: o Eu e os outros (racismo, preconceito, violência simbólica);

2) Alma; Memória; Juízo (lógica);Imaginação; Sensação; Percepção; (apresentar esses aspectos da psicologia humana e a partir daí discutir o alcance do conhecimento humano, suas opiniões suas crenças, o alcance da ciência.)

4º BIMESTRE:
Friedrich Nietzsche : O Niilismo e a crítica à cultura;
Leonardo Boff: Tempo de Transcendência;
A nova ética
A bioética
A banalidade do mal : século XX – (Nazismo, Comunismo, Pol Pot, Jim Jones, David Koresh ,Marshall Applewhite,Auschwitz )